quinta-feira, 3 de março de 2011

Velha novidade

O travesseiro da garota havia amanhecido manchado,
era o delito do choro na noite passada.
Quando saia na rua com seus olhos inchados e um sorriso forçado
era a vontade de recomeçar, a vontade de não depender mais
do passado que mais um vez se encontrava na sua frente.
Os olhos estavam pesados, se fechavam sozinhos,
tudo que ela queria era dormir com a esperança de acordar em outro lugar,
em um outro mundo bem longe desse que se encontrava,
ou quem sabe uma amnésia dos últimos anos.
Só ela sabe como esta cansada de se lamentar e alimentar tudo isso.

7 comentários:

Fabi disse...

já acordei com essa sensação.

@paulinhabsilva disse...

é horrível sentir isso :(


passa lá:
http://paulinhabsilva.blogspot.com/

the company of rock disse...

Muito legal seu blog

Comenta e segue o meu?

www.slayerbrasil.blogspot.com

Hélvio Caldeira disse...

Que lindo s2

Anjo Noturno disse...

Sensações como estas nunca são boas, angustiam
Passa lá tbm... ;)
http://estigmaangel.blogspot.com/

goukieth disse...

Gostei do seu blog.
Tá cada vez mais difícil encontrar pessoas que gostam de escrever... :/

Dá uma olhadinha nos meus contos depois. Prometo o dinheiro de volta, se não gostar! x)

juliana_alves disse...

nossa, enquanto lia lembrei dos meus dias assim. meus olhos pequenos inchados e as pessoas querendo saber o porque, ou nem perguntavam, pq jah sabiam que a noite foi difícil. A vontade continuar deitada esperando os olhos desincharem pra não haver resquícios que chorei de saudade, de raiva, de angústia, de amor, me prendia a cama, mas eu tinha que viver. até porque as dores machucam, mas a dinâmica da vida não espera por você. O tempo vai cicatrizando e você recomeça.

doisbeijos,
juuh