sábado, 15 de outubro de 2011

Se..

Se minhas forças nas horas de tristeza,
fossem iguais a força que minhas lagrimas
teem para pular do meus olhos
iria embora de onde estivesse,
iria para onde ninguém me conhecesse,
deixaria tudo para trás.

Se minha coragem fosse grande,
deixaria até você no meu passado,
a lei seria uma vida nova, ou
tomaria a droga mais forte que existe,
para deixar meu corpo anestesiado,
por uns dias, ou até semanas.

Se eu pudesse pararia de me perguntar
para onde tudo isso ira me levar,
e deixaria apenas tudo isso me levar.
E se eu soubesse que eu posso mudar algo?
Se o medo não existisse...
creio que não estaria escrevendo esse poema.

2 comentários:

Neto Chagas disse...

Muuuito Lindo *-* Adorei cada verso!
Postei no Mural do mu blog http://destinatarionc.blogspot.com/p/mural.html

Não comento muito, mas venho sempre a aqui a cada postagem, adoro seu trabalho,Parabéns pelo talento!

Carlos Rodrigo disse...

Muito legal. Gostei.
http://carlosrodrig.blogspot.com/